Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Paulistana, licenciada em Artes Visuais, professora titular de Artes da rede pública de ensino do Estado de SP. De maneira autônoma e em parceria com coletivos de arte, cultura e cidadania pesquisa/desenvolve as linguagens artísticas: desenho, quadrinhos, produção de vídeo experimental e de música experimental. Desenvolve os projetos educacionais: "Arte Moderna e Contemporanea" e "Cultura AfroIndigena nas Escolas". Cria/participa de Fanzines de ilustração e de poemas ilustrados em parceria com escritores e educadores independentes. Participa desde 2012 de exposições de Desenho, de Quadrinhos e de Fanzines. Formou-se também na área de construção civil e teve experiência profissional como Técnica em Edificações, Tecnóloga em Construção de Edifícios e Desenhista Projetista/Arquitetura.

Teatro de sombras

No site da Lenderbook (onde integram-se várias correntes de pensamento, de colaboração e reciprocidade na elaboração de informações diversas sobre vários campos do saber sem exclusão de idéias e ideais) acaba de ser inserido, de minha autoria, um artigo a respeito da história e características do teatro de sombras oriental e ocidental.
Para quem estiver interessado em ler o artigo basta clicar no link:
http://www.lenderbook.com/sombras/index.asp
Durante o mês de julho participei de uma oficina de teatro de sombras no espaço Oficina Cultural Oswald de Andrade, bairro Bom Retiro da cidade de São Paulo.

Confiram as fotos dos resultados da oficina.

Experimentando Teatro de Sombras na Sala de Aula título do meu trabalho de conclusão de curso de licenciatura de educação artística/artes visuais chamou a atenção do professor orientador que escreveu e publicou em revista digital uma matéria a respeito das vivências dos alunos envolvidos com a experiência da linguagem das sombras; confira o que foi dito clicando no link a seguir:

http://www.revista.art.br/site-numero-08/apresentacao.htm

Meus amigos Giuseppe e Tânia também autores do TCC "Experimentando Teatro de Sombras na Sala de Aula", encenaram comigo uma história infantil adaptada para o gênero teatral das sombras para animar uma festa de aniversário em agosto de 2007.

Confiram as fotos deste evento

Espero que apreciem. Abraços a todos e até a próxima !

Noite segura

Observo a noite, a lua cheia
O céu estrelado
Refletindo no lago
Brilho da luz que me encandeia
Árvore oculta
Na escuridão do céu
Que projeta sua silhueta ao léu
Aceita acolher-me, absoluta!
Que lugar tranquilo!
Ouço somente o som do riacho
E a canção entoada pelo grilo.

Divina é a noite de luar
Que permitiu-me acalentar
Até a aurora raiar!
Autoria: Fabiana Menassi

In(en)constância

Que vazio me invade
Meu inimigo, o tempo,
Prende-me no vale
Ausente de sentimento.
O trabalho vazio
Morador do espaço angustiante
Nascido de temperamento arredio
Das pessoas que não refletem ar de gente!
Inexistência de alma
Vazio insuportável
Contraditoriamente, preciso da minha calma
Com este espaço, indispensável!

À prisão sem muros me entrego,
E deixando de ser meu dono
Feri meu ego
Coragem, um dia terei, para o seu abandono?

Autoria: Fabiana Menassi

A meu amado:

A noite de amor que a ti roguei
Recusaste. Rejeitaste-me.
Tristeza e lágrimas em meus olhos suscitaste-me
Penoso expressar o quão chorei
Oh, não imaginas!
Que lembrança nostálgica presente
Em meus pensamentos, perseverante.
Somente tu sabes como terminas.
Eterno é meu desejo de acolher em meu rosto
O seu toque, e do teu corpo,
Sentir o calor, em meu dorso.

Ardente desejo que me consome, receber de ti
Palavras que denotam amor, paixão e sensibilidade...
E entregam a meu ser, descomedida felicidade...

Autoria: Fabiana Menassi

Minha aldeia

Minha aldeia tem montanhas,
Aonde o sol vem brilhar,
Um rio limpo
De água cristalina
Aonde vou me refrescar
Minha aldeia tem pastos verdes,
Aonde descansam os animais.
E campos enormes, imensos!
Repletos de ondeantes trigais
Minha aldeia tem árvores
Frondosas, com ramos sinuosos,
E imponentes com seus troncos gigantes,
São amistosas, esperando alguém
À sua sombra descansar.
Minha aldeia não possui asfalto.
É escassa de carros
Lá no ar não existe poluição,
Eu inspiro das flores os seus perfumes exalados

Minha aldeia tem um povo
Feliz e com paz de espírito
Provida da generosidade
De cuidar e compartilhar...

O que?
Minha aldeia,
Pacífico lar
Minha paz interior! O meu lugar!

Autoria: Fabiana Menassi

Cidadania, um poder que diferencia

A realidade em que vive
Pode intervir.
Decisões nos destinos
Da sociedade
Tem o direito de participar
E teu futuro traçar.
Autarquias governamentais pressionar
Suas obrigações com os cidadãos, a cumprir.
Atitudes prometidas
Das autoridades, conferir.
Estruturas corruptas e injustas
Jamais permitir!

Programas televisivos viciantes
Obstruir o seu sucesso,
Do conhecimento e da informação
Conquistar o seu ingresso.
Por bens materiais
Não permita se consumir
Cultura em sua vida
Precisa introduzir.
A banalização do intelecto
Em tempo algum aceitar
O hábito de pensar
É imprescindível incorporar.

Não fique subordinado
E dependente da caridade
Sequer preso
Na cadeia da castidade.
A vida política precisa debater,
Seus direitos, lutar para prevalecer,
Seus deveres, constantemente exercer.
Cidadão, pare de sofrer.
A esperança jamais perder
E acima de tudo, nunca
Duvidar da confiança
Do seu poder.

Autoria: Fabiana Menassi

Noites

A noite desceu, com ela as estrelas
E a lua iluminando o céu escuro.
O relento, o calor que degela,
Sossego, realçam o que procuro.
O lago cintilante me revela
O semblante marcado pelo tempo
Como a vida me desfez de donzela
E não debilitou meus sentimentos

Árvore majestosa que me espera
Não me abandonará com meus prantos
Neste lugar todas as noites em branco

Meu amado esperando, a sua alma
Vir curar a solidão que me castiga
E um dia me levar desta guarida.

Autoria: Fabiana Menassi

Dilacera(n)do

Desesperador o meu tormento
Donde vieram as verdades
Dos meus destinos e sentimentos
Devastador de todas as sinceridades.
Desejo um mundo moderado,
De novos significados
Descerrado à invasão
Da rebeldia à realidade
Distorcido, invertido
Decido que o inteiro seja repartido,
Dos seus fragmentos ser iludido e
Dele ainda ser receptivo
Defino a liberdade, do aleatório
Das coisas em desconstrução,
De enxergar com os olhos
Do meu coração.
Autoria: Fabiana Menassi

Vivência "Interculturalidades"


Representando a ARCA Carlos Rogerio e Fabiana realizaram no dia 09 de julho numa belíssima chácara situada na cidade de Ibiúna durante o Encontro Brasil – Jovens Protagonistas de Trocas Solidárias, ocorrido entre 7 e 11 de julho uma vivência que abordou o tema INTERCULTURALIDADE. Através desta proposta houve um encontro/confronto entre culturas diferentes, onde cada participante protagonista de uma realidade particular expôs sua história/crenças, de maneira lúdica. Várias entidades participaram (CIC Batá de Espanha, In Loco e AJPaz de Portugal, Fundação Aracati do Brasil e Fundación para la Calidad y la Participación de Argentina)


Premiação de texto

II Concurso História do Meu Bairro, História do Meu Município, promovido pelo programa São Paulo: um Estado de Leitores da Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo e criado para estimular as pessoas a relatarem suas experiências nos respectivos lugares onde vivem, bem como resgatar a história desses locais, foi um sucesso absoluto! Dentre os mais de 500 textos recebidos, foram selecionados vinte para compor uma coletânea de textos, a ser lançada no segundo semestre de 2008, pela editora Arte & Ciência.

Os autores selecionados receberam ainda kits de livros com clássicos da literatura universal na solenidade de premiação que aconteceu no dia 01 de março de 2008, às 11h, na Casa das Rosas (Avenida Paulista, 37).

Premiados Categoria Município:

1º Patrícia Stahl Merlin – “ A formação territorial de Salto e a Vila Operária da Barra: reflexões sobre a urbanização paulista.”
2º Luis Soares de Camargo – “As origens de Morungaba: a primeira família e o “Bairro dos Mansos”
3º Elísio Francisco Zanotti – “Bariri: a arquitetura do café.”
4º Lazara Aparecida Fogaça Bandoni – “Itararé na História.”
5º Sílvia Maria Lopes de Mello – “São Roque, século XIX: uma História em sete cenas e seus principais personagens.”
6º Heloísa Rosa Candolo Pupo Barbosa – “Primórdios do Município de Uchoa: as raízes mineiras.”
7º Fabiana Menassi de Oliveira – “Itapevi, Cidade Progresso.”8º Elza Guerra Alemán – “Embu, Terra das Artes"
9º Paulo Ricardo Zargolin – “Jales – um sonho no sertão”
10º Luiz Alberto Massabni – “A História de Pirangi”

Premiados categoria Bairro:

1º Ricardo Barbosa da Silva – “Cohab II-Itaquera: História e cotidiano de umbairro da periferia de São Paulo”
2º José Luciano de Araújo – “Sobre(viver) no bairro do Ipiranga”
3º Ângelo Tiago de Miranda – “As transformações no bairro industrial do Jaguaré – urbanismo e vida cotidiana”
4º Inês Antonia Lohbauer – “História do bairro da Riviera Paulista”
5º Leda Abs Musa Kraml – “Granja Julieta – Verde e Água”
6º Estanislau Rybczynski - “Vila das Belezas – Beleza de Bairro”
7º Simone Sayuri Takahashi Toji – “O Bom Retiro: meu, seu, nosso”
8º Carlos Alberto Fatorelli – “A expansão da periferia de São Paulo: o Bairro São Luiz”
9º Paula Karina Verago Petersen – “De Santana a Santa Terezinha: Onde fica o Chora Menino?”
10º Ana Maria Vaccari da Silva Mungioli – “Freguesia do Ó”

Espetáculo "Heróis em outros cantos"

Recebi o convite do artista, inquieto e multifacetado, Carlos Rogerio para integrar o ITAN & ORIN um núcleo artístico voltado para a pesquisa e a divulgação do universo cultural afro, de maneira lúdica e interativa, com a intenção primeira de promover o reconhecimento de nossas raízes e gerar uma maior respeitabilidade pelo tema.



Carlos Rogerio


No espetáculo "Heróis em outros cantos" uma turista que vem visitar nosso país se depara com um tradicional desfile de Afoxé e se interessa por conhecer mais as heranças de nosso povo através de relatos, danças e músicas. Depois de escutar tais depoimentos, se integra à festa e convida todos a participarem da manifestação.

O espetáculo utiliza música, dança, teatro de animação e contação de histórias para expor encantadoras passagens do continente e das personagens africanas.

Elenco: Fabiana Menassi e Carlos Rogerio
Duração do espetáculo: 50 minutos
Sem restrição de faixa etária

Contatos para apresentações:

Fabiana: fabi_menassi@yahoo.com.br

Produção literária

Recentemente tive a honra de receber do grande amigo e parceiro Luiz Vilhena Braga o convite para fazer a redação e editoração de uma história para o público infanto-juvenil. O argumento é de autoria do próprio Luiz, e futuramente, a produção literária será publicada em livro.

Luiz, apaixonado por cinema, há muitos anos estuda e idealiza as técnicas da sétima arte em todas as suas fases. Além de ser ótimo diretor, criou vários roteiros de curta e longa-metragem para cinema/TV. Com ele tive oportunidade de aprender os primeiros passos que compõem a pré-produção desta arte e elaboramos em parceria vários roteiros para cinema.
Em 2005 e 2006 fomos responsáveis pela elaboração de passatempos do Jornal Alternativa da cidade de Itapevi/SP.

Outra empreitada que realizamos, a elaboração de um texto de caráter histórico, recebeu uma premiação da Secretaria Estadual de Cultura de São Paulo.




Luiz Braga

Contato: relpdai@yahoo.com.br