Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Paulistana, licenciada em Artes Visuais, professora titular de Artes da rede pública de ensino do Estado de SP. De maneira autônoma e em parceria com coletivos de arte, cultura e cidadania pesquisa/desenvolve as linguagens artísticas: desenho, quadrinhos, produção de vídeo experimental e de música experimental. Desenvolve os projetos educacionais: "Arte Moderna e Contemporanea" e "Cultura AfroIndigena nas Escolas". Cria/participa de Fanzines de ilustração e de poemas ilustrados em parceria com escritores e educadores independentes. Participa desde 2012 de exposições de Desenho, de Quadrinhos e de Fanzines. Formou-se também na área de construção civil e teve experiência profissional como Técnica em Edificações, Tecnóloga em Construção de Edifícios e Desenhista Projetista/Arquitetura.

Gravação postada no site do CD Gaita-L - Edição X

Amigo visitante conheça o recém criado site "CD Gaita-L" Nele você encontra uma coletânea de músicas, fotos e links de vários gaitistas brasileiros em seus mais variados estilos.
Tem gaitistas muito bons. E Fabi Menassi também...


Pratique os “Oito R’s” neste fim de ano


1. Refletir: Lembre-se de que qualquer ato de consumo causa impactos do consumo na sua vida, na sociedade, no país e no planeta. Procure potencializar os impactos positivos e minimizar os negativos;

2. Reduzir: Exagere no carinho e no amor, mas evite desperdícios de produtos, serviços, água e energia;

3. Reutilizar: Use até o fim, não compre novo por impulso. Invente, inove, use de outra maneira. Talvez vire brinquedo, talvez um enfeite, talvez um adereço…

4. Reciclar: Mais de 800 mil famílias vivem da reciclagem hoje no Brasil. Quer fazer o bem? Separe em casa o lixo sujo do limpo. Só descarte na coleta comum o sujo. Entregue o limpo na reciclagem ou para o catador;

5. Respeitar: Você mesmo, o seu trabalho, as pessoas e o meio ambiente. As palavras mágicas sempre funcionam: “por favor” e “obrigado”;

6. Reparar: Quebrou? Conserte. Brigou? Peça desculpas e também desculpe;

7. Responsabilizar-se: Por você, pelos impactos bons e ruins de seus atos, pelas pessoas, por sua cidade;

8. Repassar: As informações que você tiver e que ajudam na prática do consumo consciente. Retuite, reenvie e-mails.

Leia também:


Publicação de artigo na Revista Glocal - Painel de Geopolítica, Meio Ambiente e Cultura

Olá amig@s!

Escrevo para compartilhar uma alegria pessoal: a publicação de um artigo de minha autoria na Revista Glocal - Painel de Geopolítica, Meio Ambiente e Cultura, num 3, agosto de 2011. Glocal é a única revista feita exclusivamente para vestibulandos e universitários. 

Seguem incorporadas as páginas correspondentes da Revista. Boa Leitura!





No link é possível ver alguns outros artigos da revista

http://issuu.com/revistaglocal/docs/a-formacao-da-argentina

"Bração pra tod@s!"

Novo ZINE DE BOLSO Afrobrasilidade

 Frente


Verso

Olá amig@!

Na postagem publico o novo "fanzine", autoria de Fabi Menassi e Odé Amorim (Projeto Oficinativa). Seu formato é pocket zine - zine de bolso. A iniciativa surgiu da necessidade de registrar e divulgar o desenvolvimento dos conteúdos/vivências das minhas aulas de arte na escola.

As imagens mostram a publicação independente aberta. O fanzine tem 16 páginas e de preferência ser impresso na mesma folha (frente e verso). Depois de impressos você deve dobrar cada zine de modo a transformá-lo em um livro de bolso.

Vale repetir que a inspiração do formato veio da publicação independente: "VESTINDO OUTUBROS Pocket Zine"

"VESTINDO OUTUBROS Pocket Zine" é publicação das zineiras Fernanda de Aragão  fernandezias@yahoo.com.br e   Letícia Mendonça leticiamendoncads@gmail.com. Conheci durante a I Fanzinada realizada no Espaço de Artes e Convivência Gambalaia (Santo André/SP)

Fanzinada é atividade integrante das iniciativas do Projeto Oficinativa e tem a parceria de Thina Curtis arte educadora e zineira.


Confiram o videozine da I Fanzinada, no ABC:


Espaço Gambalaia http://www.gambalaia.com.br/

Espero que goste da publicação! Utilize à vontade!

Abraços!

Obs.: Como professora recomendo aos colegas de profissão que utilizem a prática de produção de fanzines (publicação independente) em suas vivências pedagógicas.