Index

portfolio (117) desenho (60) fanzines (59) exposições (47) Vivências pessoais (40) história em quadrinhos (36) Oficinativa (34) Convites (33) dicas - arte educação (27) publicacao (27) Quintal Organico (24) arte educação (23) Ideias para trabalhar na escola (22) thina curtis (22) fanzinada (19) Poesias (18) Amor Experimental (17) AfroEscola (13) Poemas Ilustrados (13) Projeto Cultura Afroindígena (13) Cineclube Cidadãos Artistas (12) criança = CRIAR Arte Moderna e Contemporânea (12) cultura africana (12) Rede ABC - Estância Solidária (11) Mensagens - reflexão (10) Cinema (9) Imagem vale mais que mil palavras (9) Propostas de atividades (9) Feira Gaiola Atmosférica (8) Orquestra Paulista de Gaitas (7) música (7) teatro de sombras (7) Escola (6) arte de rua (5) atividades itinerantes (5) galeria de arte dos alunos (5) vídeos (5) Educomunicação (4) Textos (4) cultura (4) lançamento (4) Bicicleta (3) Imagem vale mais do que mil palavras (3) cultura indigena (3) espetáculo teatral (3) premiação (3) produção de vídeos (3) quotidianos (3) videos (3) Passeios (2) ULA - Universidade Livre das Artes (2) agroecologia (2) animação (2) arte postal (2) cidadaos artistas (2) contação de histórias (2) curso (2) documentário (2) gaita (2) hq (2) lançamento de livro (2) literatura (2) meio ambiente (2) parcerias (2) pinturas (2) Bloqueio de Telemarketing (1) Dicionário de língua portuguesa (1) Fanzines portfolio (1) Fórum Social ABC (1) Núcleo ABC de Folclore (1) Reclamação (1) Sustentabilidade (1) Turismo de Intercâmbio Ecológico (1) campanha (1) estúdio (1) folclore (1) graffiti (1) intervenções (1) manifeste (1) retrato artístico (1)
Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Paulistana, licenciada em Artes Visuais, professora titular de Artes da rede pública de ensino do Estado de SP. De maneira autônoma e em parceria com coletivos de arte, cultura e cidadania pesquisa/desenvolve as linguagens artísticas: desenho, quadrinhos, produção de vídeo experimental e de música experimental. Desenvolve os projetos educacionais: "Arte Moderna e Contemporanea" e "Cultura AfroIndigena nas Escolas". Cria/participa de Fanzines de ilustração e de poemas ilustrados em parceria com escritores e educadores independentes. Participa desde 2012 de exposições de Desenho, de Quadrinhos e de Fanzines. Formou-se também na área de construção civil e teve experiência profissional como Técnica em Edificações, Tecnóloga em Construção de Edifícios e Desenhista Projetista/Arquitetura.

Graffiti à Brasileira na AfroEscola Laboratório Urbano - Santo André/ SP

Parceria muito bacana que o Projeto Criança = Criar Arte moderna e contemporânea realizará com a AfroEscola Laboratório Urbano em Santo André: 

Grafitagem com as temáticas africanidades e culturas populares brasileiras. 
A atividade integra a programação da edição de março da Feira de Economias e Culturas Solidárias e Criativas "GAIOLA ATMOSFÉRICA" que todos os meses acontece na AfroEscola Laboratório Urbano, sempre no primeiro domingo do mês . 




Estaremos disponíveis para receber as inscrições de propostas até dia 25/02...
E estas devem conter: um esboço ou uma breve descrição do que será grafitado no muro.

Então bora lá!
Participemos!
Grafitemos!


GRAFFITI À BRASILEIRA / AFROGRAFFITI

Até o dia 25 de fevereiro está aberto o "concurso solidário" para a grafitagem da AfroEscola Laboratório Urbano, aqui em Santo André. A ação acontece no domingo dia 1 de março, juntamente com a Feira de Economias e Culturas Solidárias e Criativas GAIOLA ATMOSFÉRICA.

Estamos oferecendo como recompensas:
- ajuda de custo para transporte;
- alimentação no dia;
- registros diversos feitos durante a atividade (e posteriormente editados);
- material para o desenvolvimento das obras (tintas, ferramentas);
- assessoria na formatação de um projeto pessoal;
- kit cultural AfroEscola, etc.

Inclusive podem ser sugeridas outras "premiações"...

Interessad@s devem enviar proposta para os e-mails fabi_menassi@yahoo.com.br e projetooficinativa@hotmail.com. A curadoria é da artista e educadora Fabi Menassi, idealizadora do projeto Arte moderna e contemporânea. 

As temáticas para o desenvolvimento das obras são as africanidades e as culturas populares brasileiras, numa compreensão ampliada desses termos.

Arte e texto da divulgação: AfroEscola Laboratório Urbano

E um convite para a Gaiola Atmosférica - Feira de Economias e Culturas Solidárias e Criativas:




Domingo dia 1 de março, temos mais uma edição da Feira GAIOLA ATMOSFÉRICA aqui na AfroEscola. E tem uma porção de atividades bacanas neste encontro!!!

Estaremos realizando simultaneamente o Graffiti à Brasileira / AfroGraffiti, assim iniciando o mês comemorativo à "arte das ruas" e para dar um novo visual ao nosso espaço sociocultural. A parceria / curadoria fica por conta de Fabi Menassi, do Arte moderna e contemporânea. Interessad@s em participar da pintura, fazer contato pelo fabi_menassi@yahoo.com.br até a quarta 25. Também tem uma oficina de stêncil com a própria artista e educadora no dia da feira, às 10 horas.

E durante a tarde, ainda acontecem:
- exposições e vivências do AfroEscola Criativa, projeto apoiado pela Fundação Cultural Palmares
- bazar Bota FORA! (roupas, eletrodomésticos, móveis, etc)
- microfone aberto, espaço de leitura, jogos, música, dança, culinária, artesanato
- troca de ideias sobre possibilidades / oportunidades em 2015
- a noite tem o CineRua, apresentando produções audiovisuais independentes
e muito mais - o que desejarmos!!!

Quem quiser trazer algo para "comercializar" - vender, trocar, doar - ou compartilhar artisticamente, é só nos escrever no projetooficinativa@hotmail.com.br. Outras infos também no 11 4425 4458.


Abraços solidários e criativos!

Arte e texto da divulgação: AfroEscola Laboratório Urbano

==============================================================

Pois bem o evento aconteceu e já estão postados aqui nesta mesma postagem registros do Graffiti à Brasileira/ AfroGraffiti.

Feito pelo amigo Celso Marchini um vídeo do Graffiti à Brasileira/ AfroGraffiti realizado ontem dia 01/03 na AfroEscola Laboratório Urbano em Santo André 

https://www.youtube.com/watch?v=CCtHWv3cOak&feature=youtu.be

E suas lindas fotos:
https://www.facebook.com/thina.curtis/media_set?set=a.10203750049932681&type=1


E uma foto final, mostra que foi um lindo encontro em homenagem a Março, 
mês do graffiti e das mulheres!



Show de bola!

Até a próxima!

CineRua 12/02/2015 - "Cabra Marcado para Morrer" documentário de Eduardo Coutinho

Ontem na exibição quinzenal do CineClube Itinerante Cidadãos Artistas. A 9ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos no Hemisfério Sul - DEMOCRATIZANDO - distribuída pelo MINC e pela Secretaria de Direitos Humanos Brasil. 

Mais uma noite gratificante fazendo cultura em espaço público. Para nós um belo ambiente de aprendizados. Nada como promover uma escola de rua através do cinema para encher de ânimo as nossas vidas sonhadoras.



O filme "Cabra Marcado para Morrer" documentário de Eduardo Coutinho (que dispensa apresentações). No YouTube é possível assisti-lo na íntegra; https://www.youtube.com/watch?v=JE3T_R-eQhM

Em 1962, o líder da liga Camponesa de Sapé (PB), João Pedro Teixeira, é assassinado por ordem de latifundiários. Um filme sobre sua vida começa a ser rodado em 1964, com a reconstituição ficcional da ação política que levou ao assassinato, e com a produção do CPC da UNE e do Movimento de Cultura Popular de Pernambuco, e direção de Eduardo Coutinho. As filmagens com a participação de camponeses do Engenho Galiléia (PE) e da viúva de João Pedro, Elizabeth Teixeira, são interrompidas pelo Golpe Militar em 1964. Dezessete anos depois, em 1981, Eduardo Coutinho retoma o projeto e procura Elizabeth Teixeira e outros participantes do filme interrompido, como o camponês João Virgílio, também atuante em ligas. O tema central passa a ser a história de cada um deles que, estimulados pela filmagem e revendo as imagens do passado, elaboram para a câmera os sentidos de suas experiências. João Virgílio conta a tortura e a prisão que sofreu neste período. Enquanto Elizabeth, que havia mudado de nome e vivia refugiada numa pequena cidade da Bahia com apenas um de seus dez filhos, emerge da clandestinidade e reassume sua identidade. Ela também fala de sua prisão e do rencontro com os filhos, antes dispersos por várias cidades do Brasil, e da tentativa de reconstituir suas vidas.

Algumas fotos do CineRUA no terminal Rodoviário de Ribeirão Pires (SP)
https://www.facebook.com/fabi.menassi/media_set?set=a.919370308094611.1073741854.100000649518403&type=1

E viva a RUA! Viva o público!

Com Carlos Rogerio Amorim e Fabi Menassi
CineClube Itinerante Cidadãos Artistas

Meses de Africanidades, de Criatividades - Parceria com o projeto AfroEscola Criativa

Desde dezembro tenho participado através do projeto "Cultura AfroIndigena nas Escolas" em diversas atividades do projeto AfroEscola Criativa.

Projeto AfroEscola Criativa (Idealização AfroEscola Laboratório Urbano)


Obra premiada no EDITAL DE CONCURSO PÙBLICO Nº 01/2013 - III Ideias Criativas alusivo ao dia nacional da consciencia negra - 20 de novembro, realizado pela Fundação Cultural Palmares e pela Secretaria da Cidadania e Diversidade Cultural/MINC.


A AfroEscola está disponibilizando algumas vivências itinerantes em espaços / coletivos socioculturais localizados na região do ABC paulista. Se você conhece ou faz parte de um grupo interessado nas temáticas de Comunicação Popular, Moda, Culinária, Meio Ambiente e Ludicidades (jogos e instrumentos), é só entrar em contato.



Programação completa na página www.oficinativa.blogspot.com.br. Informações e outras questões, 4425 4458, projetooficinativa@hotmail.com (é só solicitar e enviamos a programação para seu e-mail). A AfroEscola Laboratório Urbano fica na Avenida Atlântica, 904, Valparaíso, Santo André, SP.


A seguir estão elencadas as atividades que o Projeto Cultura AfroIndígena nas Escolas participou:



Dia 20 de fevereiro, LUDICIDADE 
no Museu de Santo André

Inicio da série de encontros sobre LUDICIDADE no Museu de Santo André. O pessoal construiu, jogou e curtiu a MANCALA. E naturalmente este encontro foi ocasião para estudos e conversas sobre africanidades.



Disponibilizamos no link fotos do encontro: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.644553762338688.1073741874.378187682308632&type=3

E um vídeo bem bacana:
https://www.facebook.com/video.php?v=644560789004652&set=vb.378187682308632&type=3&theater

No domingo, 8 de fevereiro, Associação de Moradores do Parque América, em Rio Grande da Serra - SP





Retomamos as atividades de MODA, dentro do projeto AfroEscola Criativa (apoiado pela Fundação Cultural Palmares), agora numa parceria com a Associação de Moradores do Parque América, em Rio Grande da Serra. Até dia 15 de março, estaremos trocando muitas informações e produzindo vários itens inspirados nas africanidades. E pensamos finalizar o processo com uma bela feira solidária e comunitária no local.
VISITA AO BALAIO DAS ÁGUAS

Celebração de abertura das atividades culturais do Ponto de Cultura e Memória Ibaô e Terreiro Mãe Iberecy. A programação contou com a participação de comunidades, grupos de cultura popular e expressões afrobrasileiras. Barracas típicas de culinária e artesanato.
hhttps://www.facebook.com/events/768973913178607/?fref=ts (link do evento)
Festa muito linda! Parabéns pessoal! Deu gosto de ver o sucesso desta celebração.
Aqui no link estão disponibilizadas as fotos registradas deste encontro em Campinas:
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.634532493340815.1073741872.378187682308632&type=3

Dia 25 de janeiro, na Padaria do Mendes / Antiga Padaria da parte baixa - Vila de Paranapiacaba, Santo André




As fotos deste dia: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.632155733578491.1073741871.378187682308632&type=3

 24 de janeiro, Núcleo Nova Geração de Angola, 
SBC - SP

O Projeto Cultura AfroIndígena nas Escolas esteve presente em mais atividades do projeto AfroEscola Criativa. Desta neste dia 24 de janeiro, sábado, no Núcleo Nova Geração de Angola / Estúdio Fanfarras (Rua Olavo Gonçalves, 305, Vila Gonçalves, São Bernardo do Campo), parceria professor Pingo Ewerton Mauricio
Com as oficinas:- berimbau (confecção, toques), às 9 horas- Culinária, às 12 horas- Moda, às 15 horas

Confiram como tudo foi em nossos registros fotos: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.632140646913333.1073741870.378187682308632&type=3

DOMINGO, 18 de janeiro, no Campinho do Jacuí 
em Ribeirão Pires - SP



O Projeto Cultura AfroIndígena nas Escolas esteve atuando com o AfroEscola Criativa (projeto apoiado pela Fundação Cultural Palmares) em mais uma ação e desta vez lá pelos lados de Ouro Fino Paulista, parceria Jacque Treze e Tremolo Solo.
As fotos desta atividade: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.630165187110879.1073741869.378187682308632&type=3

17 de dezembro, Visita ao Museu AfroBrasil, 
e ao ensaio do Ilú Obá de Min

O Projeto Cultura AfroIndigena nas Escolas tem atuado em diversas ações do Projeto AfroEscola Criativa. Uma delas que aconteceu sábado dia 17 de janeiro vemos aqui nas fotos. Realizamos duas investigações muito interessantes uma ao museu AfroBrasil no parque do Ibirapuera a outra apreciar o ensaio para o carnaval do Ilú Obá de Min no Vale do Anhangabaú
As fotos : https://www.facebook.com/media/set/?set=a.630143577113040.1073741867.378187682308632&type=3


Na quinta, 15 de janeiro, 
Quilombo Ilai, Ribeirão Pires - SP


O Projeto Cultura AfroIndígena nas Escolas esteve atuando no AfroEscola Criativa (projeto apoiado pela Fundação Cultural Palmares) que aportou no Quilombo Ilai, em Ribeirão Pires. Numa parceria com PretoDio Robson Luiz e Lenice Moura, estaremos realizando ações de Ludicidades, Culinária e Meio Ambiente. Na Rua Seis, 15, Jardim da Paz, Ribeirão Pires - SP
E as fotos: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.630154830445248.1073741868.378187682308632&type=3


Expondo Fanzines e Publicações Independentes - Feira de Trocas do CEU Casa Blanca

No sábado dia 7 de fevereiro fomos ampliar nossa rede criativa e solidária na zona sul de São Paulo, participando da Feira de Trocas do CEU Casa Blanca, através da conexão estabelecida com Sirlene e Fabiano no ano passado.

Além das ideias e conhecimentos intercambiados, desenvolvemos uma oficina de bonecas pretas e teve exposição de Fanzines e publicações independentes com a companheira artista-educadora Fabi Menassi.

A feira ocorre sempre nos primeiros sábados do mês - próxima 7 de março - e mais informações podem ser obtidas em ceucasablancacultura@gmail.com ou lufazio@gmail.com.

https://www.facebook.com/carlosrogerio.amorim/posts/10204871533525767

Texto:
Carlos Rogerio Amorim
(Projeto Oficinativa, AfroEscola)