Index

portfolio (113) desenho (60) fanzines (55) exposições (45) Vivências pessoais (40) história em quadrinhos (35) Oficinativa (34) Convites (33) dicas - arte educação (27) publicacao (27) Quintal Organico (24) arte educação (23) Ideias para trabalhar na escola (22) Poesias (18) Amor Experimental (17) thina curtis (17) fanzinada (16) AfroEscola (13) Projeto Cultura Afroindígena (13) Cineclube Cidadãos Artistas (12) Poemas Ilustrados (12) criança = CRIAR Arte Moderna e Contemporânea (12) cultura africana (12) Rede ABC - Estância Solidária (11) Mensagens - reflexão (10) Cinema (9) Imagem vale mais que mil palavras (9) Propostas de atividades (9) Feira Gaiola Atmosférica (8) Orquestra Paulista de Gaitas (7) música (7) teatro de sombras (7) Escola (6) arte de rua (5) atividades itinerantes (5) galeria de arte dos alunos (5) vídeos (5) Educomunicação (4) Textos (4) cultura (4) lançamento (4) Bicicleta (3) Imagem vale mais do que mil palavras (3) cultura indigena (3) espetáculo teatral (3) premiação (3) produção de vídeos (3) quotidianos (3) videos (3) Passeios (2) ULA - Universidade Livre das Artes (2) agroecologia (2) animação (2) arte postal (2) cidadaos artistas (2) contação de histórias (2) curso (2) documentário (2) gaita (2) hq (2) lançamento de livro (2) literatura (2) meio ambiente (2) parcerias (2) pinturas (2) Bloqueio de Telemarketing (1) Dicionário de língua portuguesa (1) Fanzines portfolio (1) Fórum Social ABC (1) Núcleo ABC de Folclore (1) Reclamação (1) Sustentabilidade (1) Turismo de Intercâmbio Ecológico (1) campanha (1) estúdio (1) folclore (1) graffiti (1) intervenções (1) retrato artístico (1)
Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Paulistana, licenciada em Artes Visuais, professora titular de Artes da rede pública de ensino do Estado de SP. De maneira autônoma e em parceria com coletivos de arte, cultura e cidadania pesquisa/desenvolve as linguagens artísticas: desenho, quadrinhos, produção de vídeo experimental e de música experimental. Desenvolve os projetos educacionais: "Arte Moderna e Contemporanea" e "Cultura AfroIndigena nas Escolas". Cria/participa de Fanzines de ilustração e de poemas ilustrados em parceria com escritores e educadores independentes. Participa desde 2012 de exposições de Desenho, de Quadrinhos e de Fanzines. Formou-se também na área de construção civil e teve experiência profissional como Técnica em Edificações, Tecnóloga em Construção de Edifícios e Desenhista Projetista/Arquitetura.

CIDADÃOS ARTISTAS aprovado como Ponto de Cultura de SP

Provavelmente a melhor notícia do momento é aprovação da ARCA, Associação Ribeirãopirense de Cidadãos Artistas, e seu projeto Ponto de Cultura Cidadãos Artistas no edital realizado em agosto para o estado de São Paulo.


Para nós, nada mais que um merecido reconhecimento pelas realizações desses 7 anos de existência formal e mais tantos outros lutando pela dinamização e democratização da Cultura e da Cidadania na região do ABC.

A proposta é ampla mas elencamos aqui algumas das principais ações a serem executadas:

1. Guia de manifestações culturais do Grande ABC;

2. Apoio a produções internas e externas (equipamentos, espaços, comunicação, etc);

3. Capacitação interna (associados e rede) e posterior multiplicação para a comunidade;

4. Manutenção da agenda anual de eventos (encontros, mostras, festivais, etc);

5. Formação comunitária em Arte-Educação Ambiental (professores, agentes culturais, interessados em geral);

6. Programa de residências / intercâmbios solidários interculturais permanente;

7. Feira de Economia e Culturas Solidárias e Criativas “Gaiola Atmosférica” (trimestral);

8. Estímulo a criação de novas tradições locais e resgate das antigas;

9. Fortalecimento do circuito ABC, Estância Solidária (coletivos da região).

Nesse exato instante, estamos juntando a documentação para concretizar o convênio. E logo estaremos aqui divulgando a continuidade das atividades e a criação de novas ideias - que são MUITAS!!!

Exibição do Cineclube Cidadãos Artistas: Samba Lenço e Verequete na Casa da Lagartixa Preta, Santo André - SP

Homenageando e relembrando a consciência negra no mês de novembro de 2009 o Cineclube Cidadãos Artistas irá realizar dia 27, a partir das 21h30 a “Sexta Cineclubista” na Casa da Lagartixa Preta Malagueña Salerosa, em Santo André com exibição dos documentários:

SAMBA LENÇO – A MEMÓRIA ESTÁ NO CORPO




(São Paulo, 2009, vídeo, 20’, cor, exibição em DVD)

Direção: Ana Paula Quintino


Sinopse:

Diogo é integrante de uma família que preserva a memória da cultura africana por meio do toque, canto e dança do samba de lenço. O Samba Lenço é conhecido por seu samba tradicional e rural. Desde a década de 1970, a formação é passada de geração para geração. Hoje, conta com sambistas de todas as idades.

Uma apresentação do grupo Samba Lenço, de Mauá realizado realizado em 15/03/2009 no antigo Mercado da Vila de Paranapiacaba mostrada no documentário teve apoio técnico dos fundadores do Cineclube Cidadãos Artistas de Ribeirão Pires, Carlos Rogerio Amorim e Fabiana Menassi.


CHAMA VEREQUETE




A Obra faz parte do Projeto Cultura Pará 2006 "Verequete: o rei dos tambores" que inclui além do DVD, o CD com o título "Verequete é o rei" , e o livro "Verequete: o som dos tambores".

Créditos: Roteiro e direção de Luiz Arnaldo Campos e Rogério Pereira; fotografia Marcelo Brasil; som direto Nicholas Hallet; montagem Paulo Leite; direção de arte Armando Queiroz; figurino Ronaldo Fayal; produção executiva Márcia Macedo.

Resumo: Chama Verequete é um documentário poético sobre o Vodun da música paraense, Mestre Verequete, que foi buscar seu nome artistíco no fundo dos terreiros do Tambor de Mina, um dos locais onde se materializa o sincretismo afro-caboclo-indígena, matriz da cultura amazônica. Chama Verequete é um filme conduzido pelas histórias e canções do Mestre, intercalado por intervenções ficcionais que documentam a luta do carimbó contra o preconceito e a discriminação, até a sua vitória final, com o reconhecimento público de sua condição de ritmo raiz do Pará. Chama Verequete é fruto do Prêmio Estímulo concedido pela Prefeitura Municipal de Belém em 1999. Foi finalizado no ano de 2000 e desde então corre pelas telas brasileiras anunciando a força dos tambores amazônicos.
Prêmio de Melhor Música no Festival de Gramado, Melhor Fotografia no Festival de Documentários de Santa Catarina, Melhor Fotografia de Curta Paraense no I Festival de Belém do Cinema Brasileiro, Melhor Curta Paraense no I Festival de Belém do Cinema Brasileiro e Menção Honrosa no Festival de Cinema de Curitiba.

SEXTA CINECLUBISTA dia 27 de novembro de 2009 às 21h30

Casa da Lagartixa Preta Malagueña Salerosa

Rua Alcides de Queiroz, 161 - Bairro Casa Branca - Santo André, SP

Atividade Gratuita

Esperamos você lá!

Vamos entrar no jogo e cuidar de nós mesmos


Participação e união
de coletivos e comunidades são muito importantes à concretização da autossuficiência (em todos os sentidos: materiais, espirituais, emocionais) e da libertação de um sistema que somente quer aprisionar as pessoas.

Amor Experimental in Sarau dia 15 de novembro de 2009 na Vila de Paranapiacaba, São Paulo - SP

Olá amigos!

O Amor Experimental sempre com o permanente desejo de ampliar e disseminar o "Amor" firmou uma parceria valiosa com o amigo Luiz que movimenta o Espaço Cultural do Porão em Paranapiacaba. E no dia 15 de novembro iremos iniciar a atividade periódica (a cada trimestre) "Amor Experimental in Sarau".

A essência da atividade baseia-se na divulgação da questão da solidariedade, da contracultura e da criação de novas alternativas. O esquema é o pague quando puder, algo de comer e beber sempre, venda de itens culturais, rifas e outros meios para arrecadar alguns fundos (para o espaço, para os organizadores e para os que se movem).

Neste encontro pretendemos reunir uma diversidade de linguagens e interferir artística e culturalmente na Vila Histórica de Paranapiacaba. E pretendemos/desejamos que o evento se torne algo tradicional em Paranapiacaba.

Esperamos que possa comparecer e nos agraciar com sua presença e sua alma artística.

E se desejar disseminar "amor" divulgue esta dica cultural.


"Abraços fraternos"
----------------------------------------------------------

O que?
"Amor Experimental in Sarau"

Onde?
Espaço Cultural do Porão - Rua Fford, 415A - Paranapiacaba, SP


Quando?
Dia 15 de novembro à partir das 15 horas.

28 de outubro, DIA - Dia Internacional da Animação


O DIA – Dia Internacional da Animação - é celebrado todos os anos sempre no dia 28 de outubro, data em que se comemora a primeira exibição pública de imagens animadas. Mais de 400 cidades do Brasil, organizadas pela Associação Brasileira de Cinema de Animação (ABCA) e 30 países, como França, Estados Unidos, África do Sul, China e Austrália, que fazem intercâmbio de suas mostras participam da comemoração. É o maior evento simultâneo do gênero do mundo, que tem como principal objetivo difundir o cinema de animação, atraindo novos públicos e proporcionando aos espectadores o acesso a essa arte cinematográfica.

E em Ribeirão Pires, pelo segundo ano consecutivo, o evento será realizado pelo Cineclube Cidadãos Artistas em parceria com ARCA (Associação Ribeirãopirense de Cidadãos Artistas), FundAÇÃO KAH-HUM-KAH e Projeto Oficinativa que preparou uma programação especial: exibição de curtas-metragens nacionais e internacionais de desenhos animados e oficinas de técnicas de animação cinematográfica.

Todas as atividades são gratuitas.

Mais informações:
www.abca.org.br
cidadãosartistas@gmail.com
projetooficinativa@hotmail.com
fabi_menassi@yahoo.com.br

Participação no documentário “Mestres da Gaita”, 2008 – Selecionado para a programação do Festival Internacional de Curtas-metragens 2009, Petrobrás





Olá amigo leitor, este texto postado aqui no blog conta um momento artístico-cultural e feliz de minha vida de 2004 à 2006 quando integrei a Orquestra Paulista de Gaitas. Este grupo existente há mais de 10 anos teve diversas formações ao longo deste tempo e sempre foi integrada por alunos que iniciaram sua formação com a gaita cromática na oficina do Tendal da Lapa coordenada pelo querido professor Luís Aude.



Em 2006 no Tendal da Lapa em São Paulo/SP - nosso local dos ensaios/encontros semanais - tivemos a inesperada visita da galera do Mundo em Foco - Jovem Mundo Social (http://mundoemfoco.org) que realizou por lá filmagens para um programa especial sobre as atividades do espaço cultural. O vídeo que o “Mundo em Foco” produziu da Orquestra Paulista de Gaitas tornou-se anos mais tarde o documentário “Mestres da Gaita” com narração do professor de gaita cromática Luís Aude.

O documentário – disponível para exibição no link:
http://www.kinooikos.com/acervo/videos/425/#ficha_tecnica - um dos selecionados para a programação do Festival Internacional de Curtas-metragens 2009 patrocinado pela Petrobrás cuja exibição ocorreu em agosto deste ano em diversas salas cinematográficas culturais importantes de São Paulo, é uma homenagem póstuma ao professor Luís Aude - falecido há alguns anos - e ao mestre Geraldo de Oliveira, ex-integrante do grupo musical “Titulares do ritmo”.

Mais do que tocar gaita a Orquestra Paulista de Gaitas significou uma experiência inexplicável para a razão dos dias de hoje, pois tinha particularidades que são verdadeiras lições de vida. A começar por seus mestres que apesar de suas limitações físicas – Luís que tocava gaita somente com uma mão e apesar de ter sua audição e visão prejudicadas e Geraldo que tem deficiência visual, mas com uma sensibilidade extraordinária para os sons e a música e capaz de te descrever fisicamente somente apertando sua mão – não mediram esforços para guiar seus pupilos e sensibilizar com suas fantásticas experiências do campo musical, a orquestra foi um espaço para encontrar vários amigos solidários em trocar experiências sonoras, materiais de estudo e principalmente carinho. O ensaio era um encontro de amigos, e mesmo tocando com um grupo muito experiente nunca deixei de sentir a humildade e a simplicidade de seus integrantes. Sentia muita honra de participar e conviver com a orquestra principalmente pela presença do Geraldo, um artista ímpar, que sempre contava muitas histórias interessantes sobre sua carreira no rádio e televisão com uma simplicidade inigualável; e pelo Luís, um educador incansável que acreditava sem exceção em todos os alunos que passaram por sua oficina. A confiança e a crença que estes dois mestres depositavam no grupo era evidente e certamente mantinha o grupo unido. E o documentário “Mestres da gaita” além de uma produção belíssima será uma homenagem mais do que merecida uma expressão fiel do trabalho destes dois grandes mestres.


Mestres da gaita

Sinopse
A importância da gaita e a amizade de dois mestres deficientes, responsáveis pela formação da Orquestra Paulista de Gaitas e mais de dois mil alunos


Orquestra Paulista de Gaitas (formação 2006)

Os Mestres:

Luís Aude (in memorian)
Geraldo Oliveira (in memorian)





Os integrantes:

Paulo Souza (de Boné)
Fernando Alves (regente da orquestra)
Fabiana Menassi
Estevo Golveia
Benedito Atanazio
Rubia Ramos





Ficha técnica:
Rodrigo Santos Sousa – Direção/Edição
Rodrigo Mala Marques – Produção
Carolina Jarzinski – Câmera

Mundo em foco: contato@mundoemfoco.org

Orquestra Paulista de Gaitas http://opgaitas.blogspot.com

Um Ponto de Cultura para os CIDADÃOS ARTISTAS

A ARCA está concorrendo ao edital de Pontos de Cultura no Estado de São Paulo (http://www.cultura.sp.gov.br/). Logicamente por acreditar em suas idéias e ações desenvolvidas todos esses anos, o querido companheiro Carlos Rogerio, idealizador do projeto OFICINATIVA, apresentou uma proposta para concorrer a esse apoio institucional...


Para tanto, todos os envolvidos nos coletivos têm se articulado em rede com o objetivo de aproveitar melhor os recursos disponibilizados. Apesar da solicitação ser feita pela ARCA (Associação Ribeirãopirense de Cidadãos Artistas), que possui documentação adequada para isso, a idéia é envolver outros grupos e pessoas que tem iniciativas similares e importantes no circuito de nossa região.



O catálogo ABC, Estância Solidária (http://www.scribd.com/doc/16815847/ABC-Estancia-Solidaria-catalogo-fotos), organizado pelo OFICINATIVA, é uma publicação com os primeiros grupos a se irmanarem e a pensarem viabilidades de maneira coletiva...


E no domingo 16 de agosto, no Espaço ARCA em Ribeirão Pires, ocorreu um encontro para apresentar o projeto e agregar sugestões dos interessados.

Espetáculo teatral de bonecos e sombras - Albertinho, o menino voador

Em cartaz até 31/05/2009 o espetáculo "Albertinho, O Menino Voador"



A Cia Luzes e Lendas convida para o espetáculo "Albertinho, O Menino Voador", em cartaz no Teatro Martins Penna, Largo do Rosário, 20, Penha, fone 2293-6630, aos sábados e domingos, às 16h, até 31/05/2009.



Cia Luzes e Lendas:

Cristhian Macedo Lins
Lourenço Amaral Júnior
Valter Valverde




"ALBERTINHO, O MENINO VOADOR" - Dois mecânicos trabalham em um novo projeto para o Sr. Alberto(Santos Dumont) e passam a falar o que sabem da vida do 'chefe'. Para ilustrar, os mecânicos usam objetos animados e projetam silhuetas, narrando assim, sua infância, seus estudos, suas experiências com balões, até a montagem do que viria a ser o famoso 14-bis.






Veja cenas do espetáculo:

video

Ingressos:
Inteira .................R$ 10,00
Meia ....................R$ 5,00
Com filipeta .........R$ 4,00


Curiosidade:
O espetáculo "Albertinho, o menino voador" é um dos assuntos elencados no meu projeto pedagógico intitulado "Experimentando Teatro de Sombras na Sala de Aula" e desenvolvido com alunos de sétimas séries durante setembro à dezembro de 2007 (ver texto no link http://fabimenassi.blogspot.com/2009/02/para-mim-2007-foi-um-ano-produtivo-e.html). E no lado esquerdo do blog estão as imagens registradas durante a entrevista com Valter Valverde, também incluída no Projeto.

Amor Experimental em estúdio

Na quinta dia 14 de maio, o grupo AMOR EXPERIMENTAL entrará num estúdio em Santo André, SP, para realizar uma nova experiência. Por uma hora, criará cenas, imagens, sonoridades e textos que serão registrados e posteriormente se transformarão em vídeos, "canções", fanzines, exposições, etc.


Ainda esse mês, também visitarão outras locações para colher mais "delírios espontâneos" através de sua "ludicidade libertária e interativa". E logo compartilharão todo esse orgânico processo...

Convite - Oficinativa e Amor Experimental na Feira de Artes da Vila Pompéia de 2009 dia 17/05/09

Como já é TRADIÇÃO, estaremos novamente participando da Feira da Pompéia, este ano em sua vigésima segunda edição e com uma especial homenagem aos 100 anos de Carmem Miranda.


A feira, para quem ainda não conhece, é uma das maiores do gênero no país, tem uma programação cultural diversificada, apresentada em palcos e nas ruas, trabalhos de artesãos, artistas plásticos, fotógrafos, estilistas, designers, entre outros tantos talentos, para compra ou simples apreciação. Também há uma ampla oferta de alimentação. O evento é parte do calendário do Ministério do Turismo e em 2008 teve a visitação de 100 mil pessoas em 10 horas de atividades.

Nossa interferência é sempre no sentido de promover vivências e intercâmbios entre as pessoas que por ali passam nesse belo domingo. Aproveitamos também o momento para divulgar nossos espaços e nossas programações.

Organizamos um dia bastante artístico e esperamos a interação com muita gente. Utilizaremos a data para desenvolver o projeto NEGRO UNIVERSO - a essência dos afrodescendentes, hoje e sempre, que ocorre desde 2002, e para apresentar as práticas do AMOR EXPERIMENTAL, um grupo de intervenções libertárias. A seguir nossas propostas:

NEGRO UNIVERSO
9h - Vivência de danças afrobrasileiras
10h - Oficina jogos africanos
11h - Oficina confecção bonecas pretas
12h - Oficina customização afro (stêncil, pet, pinturas criativas, etc)

AMOR EXPERIMENTAL
13h - Oficina confecção coletiva estandarte, fita, bonecos, etc
14h - Oficina pintura rosto/corporal
15h - Cortejo lúdico AMOR EXPERIMENTAL
16h - Oficina cartun e flipbook
17h - Intervenção AMOR EXPERIMENTAL (na barraca)

E ainda:

- Feira de trocas (saberes, experiências) permanente;
- Retratos Artísticos;
- Radio Oficinativa;
- Materiais pedagógicos.

Entrada Franca

Para as oficinas será cobrada a taxa simbólica de R$ 1,99

apoio: ARCA (Associação Ribeirãopirense de Cidadãos Artistas) e FundAÇÃO KAH-HUM-KAH



A feira acontece na Vila Pompéia, capital de São Paulo, na rua Ministro Ferreira Alves (onde no número 305 se localiza o centro cultural que a organiza), travessa da Avenida Pompéia, e nas adjacentes. Inicia as 9 horas e vai até as 19. Outras informações podem ser obtidas nas páginas http://www.centroculturalpompeia.org.br/ e http://www.centroculturapompeia.blogspot.com

Abraços e que possamos nos encontrar nesse domingo!!!



Como montar um Flipbook

O Flipbook é uma linguagem da arte que transita entre o livro e o cinema, é composto por uma sequência de imagens capaz de formar uma narrativa que, por um curto espaço de tempo, se transforma em animação.

A dica que deixo aqui é um pequeno roteiro de como montar um flipbook:

- Clique duas vezes sobre uma imagem (inserida na postagem), salve no seu computador e imprima;

- Recorte todas as folhinhas da imagem;

- Coloque as folhinhas na sequência;

- Fixe com grampo ou cola.


Você pode também fazer seus próprios desenhos!

Divirta-se!



Animação - Pintura em Photoshop

Amigo arteiro e arte-educador...

Este vídeo é fantástico. Mostra, de forma animada, as pinceladas de uma pintura feita em Photoshop.

Para quem quer brincar com pintura, mas não gosta de mexer com tintas, é uma dica interessante.



Caldeirão Cultural - Dia 26/04/07 - Praça do Jaçanã - São Paulo


Domingo, num caldeirão cultural...

O projeto OFICINATIVA e o grupo artístico AMOR EXPERIMENTAL foram convidados a participar da primeira edição do Caldeirão Cultural, feira de artes e artesanato, organizada pelo produtor Marcelo Goodhead (Feira da Vila da Pompéia, Feira da Vila Madalena). O evento ocorrerá no domingo dia 26 de abril de 2009. Começa as 8 da manhã e vai até as 18 horas. As arteducadoras Fabi Menassi e Brunna Alline - e outros convidados - dinamizarão as atividades...


E para este evento especial, como sempre, elaboramos a seguinte programação:


9h - Oficina de Toy Art com caixas de papelão;

11h - Espaço de trocas solidárias (traga algo para trocar);

12h - Interação artística Amor Experimental;

13h - Oficina de sensibilização musical;

15h - Ensaio aberto da criação performática do grupo Amor Experimental;

16h - Oficina de autorretrato;

17h - Grande Ciranda.


Entrada Franca

Para as oficinas será cobrada a taxa simbólica de R$ 1,99

Local: Rua Dr. João Batista Vaques (praça do Jaçanã, entre as avenidas Guapira e Benjamin Pereira), Jaçanã, São Paulo.
Realização:


História em quadrinhos conta piada

Uma proposta que pedi recentemente aos alunos das sétimas séries consiste em contar uma piada utilizando a linguagem das histórias em quadrinhos.

A história em quadrinhos do Gabriel - sétima B - é o resultado de um dos trabalhos criativos dos alunos. Podemos destacar no desenho o formato e a expressividade do seu traçado.
As diferenças de linhas - densas, finas, espessas, rápidas, lentas - e formas - retas, curvas - são algumas das possibilidades utilizadas para representar mensagens através das linguagens artísticas visuais. A maneira como são utilizados os elementos de um desenho é importante e faz toda a diferença para o resultado da produção do artista cuja intenção é provocar emoções aos apreciadores de suas obras.


É Fogo!

Um maluco telefona pro corpo de bombeiros, informando que está pegando fogo no hospício. Menos de dez minutos depois, olha as viaturas chegando ao local. Os bombeiros saltam do carro e o comandante pergunta:
- Onde é o fogo?
E o louco:
-Vocês vieram tão depressa que eu ainda não acendi!



Fonte: Anedotas do Pasquim, Livro de Ziraldo


OS LOUCOS É QUE VÃO PARA O CÉU

Desde que eu era garoto
me diziam pra eu ser bom cristão:
Não cometa pecados e não seja maluco não,
porque se sua alma for pura ela vai se salvar
na hora que o mundo estourar.

Mas eu conheci um cara biruta,
ele era lelé da cuca.
Vivia uma vida simples
e não se preocupava com grana.

Os loucos não não invejam os outros,
os loucos não tem dinheiro no bolso,
os loucos não carregam maldade.
Os loucos, ah! eles vão pro céu.

Por que a gente quer ficar são
se as mentes mais confusas são as mais puras de coração?
Todo mundo devia perder a razão,
tirar o sapato e botar o pé no chão.

Seja louco, nem que seja um pouco!
Não queira entender o mundo,
ele te transforma em vagabundo.
É por isso que sou doido assim,
eu também quero o céu pra mim.

Autoria: Raphael Trindade dos Santos

Curso de desenho básico



O desenho uma forma de representação gráfica, é base de qualquer trabalho visual; permite interpretar o real, o visual, emocional, intelectual; desenvolve a expressão, a sensibilidade e a intuição. Seu aprendizado requer o estudo dos elementos da linguagem visual, o desenvolvimento da percepção e principalmente, da observação da realidade.
Através de algumas das dicas de desenho mais utilizadas por desenhistas profissionais a oficina objetiva desenvolver o aprendizado da linguagem, a capacidade de interpretar graficamente os objetos, as figuras, o mundo, etc, e incentivar os participantes a se expressar com liberdade e com seu estilo particular.
Dias 21 e 28 de agosto de 2008 ministrei na ARCA (associação de cidadãos artistas de Ribeirão Pires/SP) uma oficina de desenho básico. Foi um sucesso, muitas pessoas curtiram a atividade e descobriram a facilidade/felicidade de desenhar com seu próprio estilo.
Se desejar levar esta oficina para sua escola, comunidade, ou ainda, para grupos, com mínimo de 10 pessoas, entre em contato via e-mail. Encaminho orçamento detalhado sem compromisso.

Para você, o que é arte?

Foi essa pergunta que fiz durante meu primeiro contato com os alunos de sétimas e oitavas séries da escola que oriento aulas de arte.

A resposta de uma aluna da sétime série chamou minha atenção. No lugar de palavras, Daiane expressou através da linguagem do desenho sua opinião sobre "o que é arte".

Além de demonstrar a disponibilidade e a dedicação de sua criadora, o desenho me cativou com sua expressividade cromática e sua configuração intuitiva.

Música experimental

Olá amigos!

Nesta postagem apresento o vídeo do grupo britânico STOMP, fundado em 1991. Ele usa o corpo e objetos comuns para criar performances teatrais físicas percussivas. É um trabalho com teatro físico, onde o corpo incorpora-se a outros objetos como meio de produzir percussão e movimento que ecoam das danças tribais. O grupo mistura variadas formas de arte, expressões físicas e sonoras, humor, promovendo um espetáculo que resulta em movimento e comédia visual. As músicas são produzidas com instrumentos nada convencionais: botas, tampas de alumínio, caixas de fósforos, galões de água, baldes, vassouras, latas de alumínio e "sucatas".

http://www.stomponline.com/interact.php

http://www.stomponline.com/tickets.php


E agora voltando ao Brasil, temos (felizmente) nossos artistas que fazem sons com sucatas como o músico, produtor musical "Loop B" e o regional polivalente que desenvolve diversas linguagens artísticas - criações literárias, composições musicais, desenho - Pedro Osmar.

Seguem dois vídeos da parceria íncrivel, destes "criadores lúdicos".

http://www.youtube.com/watch?v=Zvt_pNqVSRU

http://www.youtube.com/watch?v=IXy2PlXxTwI


Vale a pena conferir, principalmente os arte-educadores, as sonoridades destes artistas imaginativos que brincam e fazem música com materiais acessíveis e muitas vezes, desprezados pelas pessoas.

Projeto - Experimentando Teatro de Sombras na Sala de Aula


Aula aberta - Valter Valverde (Núcleo Teatral Luzes e Lendas), Abril/2007 - (ver álbum de fotos "Entrevista Valter Valverde", lado esquerdo deste blog)

Para mim, 2007 foi um ano produtivo e recompensador. Junto com amigos da faculdade desenvolvi uma empreitada importante à minha formação acadêmica: a realização do projeto experimental de conclusão da licenciatura de educação artística/artes visuais. Com o objetivo de aplicar o teatro de sombras em sala de aula pesquisamos a trajetória histórica e as características técnicas e culturais desta linguagem onírica; conhecemos grupos teatrais profissionais contemporâneos; estudamos textos teóricos de professores peritos no assunto; e arriscamos a encenação de um espetáculo teatral de sombras para animar uma festa de aniversário. (ver álbum de fotos "Animação de festas", lado esquerdo do blog)


Nesta aventura descobri o quão fascinante é presenciar/conhecer a produção de artistas do teatro de animação. Surpreendi-me com tamanha estranheza e interesse dos alunos participantes do projeto pelos trabalhos de mestres orientais e diretores teatrais contemporâneos envolvidos com a linguagem das sombras.

Espetáculo teatral do Karagöz K (Núcleo Teatral de Curitiba/PR), Junho/2007 - ver álbum "Espetáculo Tecno-Shadow - Karagöz K", lado esquerdo deste blog)



Apresentação dos alunos, Setembro/2007



Grupo de professores idealizadores do projeto, Maio/2007

Confira na íntegra o resultado deste trabalho, intitulado "Experimentando Teatro de Sombras na Sala de Aula". Ele contém a história, as características do teatro de sombras oriental/ocidental e o relato das atividades pedagógicas desenvolvidas em sala de aula. O arquivo do projeto encontra-se disponibilizado no Scribd:


http://www.scribd.com/people/view/7402246-fabi-menassi



Boa leitura!


Agradecimentos especiais às pessoas que gentilmente contribuíram à realização deste projeto:

- Alunos das sétimas séries C e F 2007 da Escola Estadual "Wolny de Carvalho Ramos", São Paulo/SP;

- Valter Valverde (Núcleo Teatral Luzes e Lendas, São Paulo/SP);

- Marcello Santos (Núcleo Teatral Karagöz K, Curitiba/PR);

- Alexandre Fávero (Teatro Lumbra, Porto Alegre/RS) e

- Prof. Valmor Beltrame (UDESC, Santa Catarina).

Nostalgia - "Desenhos 1991 a 2002"

NOSTALGIA...

Acabo de incluir no blog "DESENHOS 1991 a 2002", um novo álbum de fotos. Esta coleção trata-se do portfólio da minha produção realizada entre 1991 e 2002, momentos pessoais, o "EU-COMIGO".

Este período foi muito produtivo, introspectivo e valiosíssimo. Porém, atualmente, comigo ocorre o oposto que me faz sentir mais prazer: o processo coletivo, trocar informações e observar o diálogo que outras pessoas estabelecem com a linguagem visual.

Clique duas vezes sobre a imagem de um desenho para visualizá-lo em tamanho ampliado. O álbum abrirá automaticamente.

Espero que goste!


ATIVISMO ABC - AMIGO SECRETO

Recentemente presenciei uma reunião, a última de 2008, do coletivo "ATIVISMO ABC". Foi um encontro noturno às escuras - não conhecia ainda o local e foi uma aventura encontrá-lo.

Num cenário inusitado com um "friozinho fora de época" ao redor da fogueira, houve lanche comunitário - em que cada pessoa leva um alimento - bate papo, vivência musical e como desfecho um amigo secreto DIFERENTE - já que alguns participantes, assim como eu, estavam despreparados, sem presentes para trocar. Os veteranos do coletivo que tem como uma de suas características propagar a SOLIDARIEDADE, sugeriram a proposta de que cada um providenciasse naquela noite um presente para trocar na brincadeira. Em pouco tempo cada participante com improviso de sua inspiração preparou para doar algo guardado na bolsa/mochila ou produzido no momento.
"Este improviso foi engraçado, tirei o nome de uma pessoa desconhecida. O meu amigo secreto, estava SECRETO até para mim."

Este encontro com tantas surpresas me proporcionou muitos bons momentos para conhecer e realizar trocas - materiais, sociais - com novas pessoas.
Agora mostro para você o que ganhei da minha amiga secreta BIA


Esta singela, mas profunda, vivência fortaleceu ainda mais um pensamento pessoal: a real essência da vida está no ato de EXPERIMENTAR, estar ABERTO ÀS DIFERENÇAS

Sobre o Ativismo ABC:

Coletivo da região da Grande São Paulo que desde 2001 atua pela liberdade, solidariedade, ajuda mútua, autogestão e valorização das diferenças. Em 2004, para concretizar mais nossas propostas fundamos a Casa da Lagartixa Preta "Malagueña Salerosa" (Rua Alcides de Queirós, n° 161, Bairro Casa Branca - Santo André - SP). Nesse espaço acontecem debates, reuniões de vários grupos, palestras e oficinas. Oferecemos um "baú de dádivas" (aonde pode-se doar coisas e de onde pode-se tirar coisas gratuitamente), uma horta e uma biblioteca comunitária com um acervo de livros libertários, técnicos e literários.

Se você desejar saber mais sobre o ATIVISMO ABC, acesse o site:

http://www.fotolog.com/ativismoabc/about