Minha foto
São Paulo, São Paulo, Brazil
Paulistana, licenciada em Artes Visuais, professora titular de Artes da rede pública de ensino do Estado de SP. De maneira autônoma e em parceria com coletivos de arte, cultura e cidadania pesquisa/desenvolve as linguagens artísticas: desenho, quadrinhos, produção de vídeo experimental e de música experimental. Desenvolve os projetos educacionais: "Arte Moderna e Contemporanea" e "Cultura AfroIndigena nas Escolas". Cria/participa de Fanzines de ilustração e de poemas ilustrados em parceria com escritores e educadores independentes. Participa desde 2012 de exposições de Desenho, de Quadrinhos e de Fanzines. Formou-se também na área de construção civil e teve experiência profissional como Técnica em Edificações, Tecnóloga em Construção de Edifícios e Desenhista Projetista/Arquitetura.

33° Ângelo Agostini - Cafe Ilustrado ganha o troféu de melhor Fanzine de HQ 2016

A festa foi linda e emocionante. A expectativa começou ja a partir do momento que descobrimos premiação de nossa publicação Café Ilustrado como vencedor de melhor Fanzine de 2016. Num ambiente acolhedor fomos (Thina Curtis e Fabi Menassi) recebidas e apresentadas ao público no auditório da biblioteca do Memorial da America Latina durante a cerimônia de entrega do troféu Ângelo Agostini 2017 (em comemoração do dia do Quadrinho Nacional e dos melhores quadrinhos de 2016 em diversas categorias).

"Edição mais que especial para mim e para minha amiga e ilustradora Fabi Menassi. Nosso fanzine Café Ilustrado foi eleito o melhor fanzine de 2016, pela primeira vez tivemos uma desenhista Mariana Cagnin (Black Silence) premiada, e Alessandra Freitas roteirista tb levou seu troféu pelos seus trabalhos de web quadrinhos, uma homenagem linda ao Mestre Zalla, A Ordem premiada. Confesso que embora a emoção estivesse a flor da pele me senti em casa. Espero que o ano que vem tenha mais mulheres premiadas!uhu!
Gratidão a todos que compareceram!" (THINA CURTIS)

Eis algumas fotos da premiação 33a edição do troféu Ângelo Agostini






Indicamos aqui o link das fotos desta tarde maravilhosa de sábado 28 de Janeiro de 2017 no Memorial da América Latina em São Paulo:

https://www.facebook.com/thina.curtis/media_set?set=a.10208451212138798.1261502883&type=3&__nodl

Fotos : Celso Marchini

Uma cobertura do evento da premiação realizada pela galera do Impulso HQ :

https://youtu.be/HVLmnjAq7os


E o prêmio Ângelo Agostini nos levou ao jornal ABCD Maior

E o prêmio Ângelo Agostini nos levou ao jornal ABCD Maior

O jornal fez uma matéria muito bacana sobre a nossa premiação com o Ângelo Agostini e a parceria quadrinhos-poesia que faço desde 2011 com a Thina Curtis em nossas aventuras com os Fanzines.

"Ponto para as meninas! "




Finalização do projeto Arte Moderna e Contemporânea na EE profa Maria Antonietta de Castro

Em dezembro de 2016 encerramos na EE Profa Maria Antonietta de Castro o projeto de Arte Educação Arte Moderna e Contemporânea. Atuamos na escola em duas fases: o 2° semestre de 2014 e de abril a dezembro de 2016. Nosso objetivo principal foi desenvolver com as crianças espaço (físico, emocional, sentimental) para fazer arte, potencializar a criatividade e utilizando como fio condutor os movimentos das artes Moderna e Contemporânea.

Como lembrança desta segunda fase do projeto elaboramos uma publicação  (um Fanzine!) que conta parte do que realizamos durante as oficinas e as visitas culturais à museus. Então, acessem, divulguem, inspirem-se!
http://www.slideshare.net/oficinativa/projeto-arte-moderna-e-contempornea-abr-a-dez-2016



Arte Moderna e Contemporânea 2016 (2ª fase), teve financiamento da parceria MINC / MEC, governo Federal através do programa Mais Cultura nas Escolas e realizado na EE Profa Maria Antonietta de Castro, zona norte de São Paulo. Coordenação geral de Fabi Menassi (artista educadora) participações de Thina Curtis (Fanzinada) e Odé Amorim (AfroEscola/Projeto Oficinativa).

Fomos contemplados com o 33° Troféu Ângelo Agostini pelo Fanzine Café Ilustrado

E uma noticia maravilhosa neste primeiro mes de 2017: fomos contempladas (Thina Curtis e Fabi Menassi) com o troféu Ângelo Agostini! O prêmio é por conta do Fanzine Café Ilustrado, publicação lançada em Janeiro de 2016.
O prêmio é um reconhecimento idealizado e organizado pela AQC-SP (Associação de quadrinistas e caricaturistas do Estado de SP) que este ano chega a sua 33a edição.

Eis o convite da AQC para a cerimônia de entrega do troféu que acontecerá na biblioteca do Memorial da América Latina em São Paulo:





33º Prêmio Angelo Agostini

Prêmio homenageia os destaques do quadrinho nacional do ano de 2016 e reúne profissionais e amantes da arte sequencial para comemorar o Dia do Quadrinho Nacional

No sábado, 28 de janeiro de 2017, a partir das 13 horas, os fãs e admiradores das histórias em quadrinhos poderão acompanhar a entrega do 33º Troféu Angelo Agostini, no Memorial da América Latina, Auditório da Biblioteca Latino-americana. Com entrada gratuita, o evento terá exposição de quadrinhos, vendas de HQs independentes, caricaturas ao vivo, debate sobre os quadrinhos Argentinos e lançamentos de livros da editora Criativo.

Serão doze premiados em nove categorias escolhidos por meio da votação realizada entre profissionais da área, estudiosos, amadores, aficionados pelos quadrinhos nacionais e público em geral para as categorias de: Melhor Desenhista; Melhor Roteirista; Melhor Cartunista; Melhor Lançamento; Melhor Lançamento Independente; Melhor Fanzine; e também o Troféu Jayme Cortez – que destaca grande contribuição ao quadrinho nacional, podendo ser artistas, entidades, eventos, manifestações ou organizações. Para finalizar, a categoria Mestres do Quadrinho Nacional – que homenageia artistas que tenham se dedicado aos quadrinhos há pelo menos 25 anos, e que este ano serão escolhidos pela comissão organizadora do Prêmio. A votação será encerrada no dia 15 de janeiro e a divulgação dos ganhadores no dia 20.

Além da premiação para os artistas nacionais que se destacaram em 2016 com votação aberta ao público, o evento marca a abertura da exposição “Brasil X Argentina”, que reunirá trabalhos de artistas brasileiros e Argentinos com curadoria de Bira Dantas e de Cesar Carrizo (convidado especial), que contará sobre suas obras e um histórico do quadrinho nacional Argentino.

Em caráter especial em parceria com a editora Criativo, haverá o lançamento do livro “Sketchbook Custom Tributo a Rodolfo Zalla” e de mais 21 livros “Sketchbook Custom” de artistas nacionais.

Comemorado em 30 de janeiro, o “Dia do Quadrinho Nacional” foi criado em homenagem a Angelo Agostini criador da primeira História em Quadrinhos brasileira em arte sequencial e com um personagem fixo, lançada em 30 de janeiro de 1869. Para homenagear a data, a AQC-ESP (Associação dos Quadrinhistas e Cartunistas do Estado de São Paulo) criou, em 1984, o Prêmio Angelo Agostini que visa homenagear e premiar os profissionais brasileiros da arte sequencial.

O que: 33º Premio Angelo Agostini
Quando: 28 de janeiro (sábado), das 13h as 19h
Onde: Memorial da América Latina, Auditório da Biblioteca Latino-americana - Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 (ao lado do Metrô Barra Funda)
Entrada Franca

Programação:


13h - Abertura do evento com a participação de Irineu Ferraz (Presidente do Memorial) Luis Avelima (Diretor do DAC - Memorial) - Apresentação de Lidiany Schuede
13h - Abertura da exposição "Brasil Argentina" – Curadoria: Cesar Carrizo e Bira Dantas.
13h - Abertura do Espaço dos Independentes, do stand da Comix Book Shop, Caricaturas ao vivo e lançamento do livro “Sketchbook Custom Tributo a Rodolfo Zalla” e de mais 21 artistas nacionais de renome.
13h30 – Documentário sobre Rodolfo Zalla – Marcio Baraldi fala da produção do Documentário e de sua convivência com Rodolfo Zalla em seus últimos anos de vida.
14h - Mesa redonda sobre os quadrinhos Argentinos: com a presença confirmada de Cesar Carrizo, Natália Forcat, Jozz e (Paulo Ramos a confirmar).
15h30 – Sorteio de originais de artistas nacionais.
16h - In Memorian – Homenagem da AQC aos artistas falecidos em 2016 – Rodolfo Zalla, Luzardo Alves, J.C. Lôbo, Milson Henriques, Marcus Vinícius de Medeiros
16h15- Entrega dos Troféus Angelo Agostini aos melhores de 2016.
18h – Encerramento

Sobre Angelo Agostini

Nascido em 1843 na cidade italiana de Vercelli , Piemonte, Angelo Agostini foi o primeiro artista de quadrinhos do Brasil e um dos primeiros do mundo. Cartunista, caricaturista, ilustrador e crítico, Angelo Agostini passou sua infância e adolescência em Paris e chegou em 1859 na cidade de São Paulo. Foi o criador da primeira História em Quadrinhos brasileira em arte sequencial e com um personagem fixo, lançada em 30 de janeiro de 1869.

Certificado da e-dergi Fenamizah: participação na revista em 2014

Certificado emitido pela e-dergi Fenamizah, um belissimo presente que recebo de Aziz Yavuzdoğan (editor da publicação - Istambul, Turquia) pela excelente matéria publicada na revista em abril de 2014. O texto conta minha trajetória como desenhista participante de salões de humor/desenho de imprensa, de HQs poeticas para Fanzines e outras publicações de editoras independentes (cuja maioria destas artes receberam como inspiração os poemas de Thina Curtis).

Disponibilizo a matéria publicada na e-magazine Fenamizah em abril de 2014: 

http://fabimenassi.blogspot.com.br/2014/04/trajetoria-de-fabi-menassi-na-fenamizah.html.

E claro, não poderia deixar de indicar a revista Fenamizah. Quem gosta de ilustrações irá apreciar bastante o acervo virtual contido nos links:

https://issuu.com/fenamizah_e-magazine

https://www.facebook.com/fenamizah/?ref=ts&fref=ts


Intervenção RadioRua, AfroEscola Radiofônica, Rádio Pérola da Serra (Ribeirão Pires - SP)

Depois de algum tempo sem atuar com comunicação radiofonica experimentei/participei mais uma vez de uma intervenção em espaço público, a RadioRua ação integrante do projeto AfroEscola Radiofônica da AfroEscola Laboratório Urbano - Santo Andre (SP).

A ação consiste em levar um ambiente de rádio, de comunicação para o espaço público para interação com os transeuntes (para que Conheçam a AfroEscola radiofônica e a Rádio Comunitaria Pérola da Serra, o que é e pode ser uma rádio comunitaria)

Expomos nossas ideias, interagimos com o público, tocamos muita música e teve também microfone aberto para manifestação do cidadão.

Aqui na íntegra o convite feito pelo companheiro Carlos Rogerio Amorim (idealizador do projeto AfroEscola Radiofônica e da RadioRua):

"Em dezembro faremos 2 edições do RádioRua no terminal de Ribeirão Pires - dias 15 e 29, entre 15 e 17 horas. E teremos "reforço luxuoso" de outr@s companheir@s e comunicador@s da Rádio Comunitária Perola da Serra (87,5 FM para sintonizar localmente ou www.radioperoladaserrafm.co- os locutores Richard Gor, Luiz Martins e Wellington Faria;

- participação especial da artista-educadora Fabi Menassi (projetos Cultura AfroIndígena nas Escolas + Arte Moderna e Contemporânea).

Além de exposição de materiais sobre iniciativas culturais e cidadãs da região do ABC e promoções, também teremos espaço para breves apresentações artísticas. Quem quiser mostrar / divulgar seu trabalho, é só fazer contato conosco através dessa mensagem ou no e-mail projetooficinativa@hotmail.com (inclusive realizaremos entrevistas com @s artistas que compareçam e essas posteriormente serão veiculadas na programação da emissora).

É só chegar e se COMUNICAR!!! "

Vejam alguns registros da atividade:





AfroEscola radiofônica vai ao ar sempre às quintas-feiras das 20 às 22 horas através da Rádio Comunitária Perola da Serra (87,5 FM para sintonizar localmente ou www.radioperoladaserrafm.com). E a RadioRua acontece quinzenalmente no Terminal Rodoviário de Ribeirão Pires. As datas das próximas edicoes poderão ser acompanhadas no perfil do Carlos Rogerio https://m.facebook.com/carlosrogerio.amorim

Abraços e até a próxima!